PF volta a vistoriar área de parque na Zona Oeste do Rio



No início do mês, policiais vistoriaram o loteamento irregular no local. Segundo a PF, ações de degradação ambiental foram paralisadas.

A Polícia Federal fez nesta segunda-feira (16) a operação Pedra Branca II para acompanhar uma vistoria de técnicos da Secretaria estadual de Meio Ambiente e do Departamento Nacional de Pesquisa Mineral (DNPM) ao Parque Estadual da Pedra Branca, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio.

De acordo com a nota divulgada pela PF, os agentes vistoriaram o loteamento irregular da área, já constatado por investigação da Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente e Patrimônio Histórico.

No dia 2 de abril, agentes da PF estiveram pela primeira vez no Parque Estadual da Pedra Branca. Eles foram apurar denúncias de que um grupo de milicianos explorava ilegalmente o local. Segundo a polícia, o grupo desmatava e loteava irregularmente a área. Na ocasião, quatro pessoas foram detidas.

Ações de degradação ambiental foram paralisadas No local, os policiais encontraram um clube com campo de futebol, piscina e área de lazer. Também foi achada uma caixa d’água e uma bomba. Os itens fariam parte de um esquema para vender a água de fontes e mananciais para caminhões-pipas.

Na ação desta segunda-feira (16), os policiais constaram que as ações de degradação ambiental foram paralisadas na área vistoriada anteriormente.

Fonte: g1.globo.com

Página Inicial