Polícia identifica suspeito de atropelar com lancha lutador que surfava na Barra da Tijuca



Ele sofreu ferimentos no braço e dos dedos e teve a prancha quebrada

A Polícia Civil identificou o atropelador do lutador de Jiu-jitsu Rafael Lima, conhecido como Gordinho, que foi atingido por uma embarcação enquanto surfava na praia da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, na tarde da última quarta-feira (9).

De acordo com o delegado-titular da 16ª Delegacia de Polícia, na Barra, Carlos Henrique Machado, o responsável pelo atropelamento pode responder pelos crimes de omissão de socorro e lesão corporal culposa (quando não há intenção).

O suspeito será convocado pela delegacia nos próximos dias para prestar depoimento e a lancha será encaminhada para a perícia.

O acidente aconteceu na altura do quebra-mar. Rafael estava com um grupo de amigos quando um barco que saía do canal de Marapendi avançou em direção aos surfistas, supostamente para escapar de uma onda.

O lutador sofreu ferimentos no braço e machucou dois dedos da mão direita. A prancha de surf também foi atingida e ficou danificada.

Os ocupantes do barco não prestaram socorro e ainda ameaçaram Gordinho, que tentou se aproximar dos tripulantes quando a embarcação parou. Um dos ocupantes teria usado um remo para manter o lutador afastado do barco.

Gordinho foi levado para o hospital Lourenço Jorge, na Barra, e fez exame de corpo de delito.

Fonte: R7

Página Inicial