Sandra Lima
Correspondente da TV LOKAL em Jacarepaguá
Produtora de Audiovisual
E-MAIL: sandralimaprodutora@gmail.com



Homeopatia ameniza efeitos colaterais em pessoas com câncer



Vencer a si mesmo, antes de combater a doença que motiva o maior número de mortes no Brasil, é o principal desafio de quem luta contra o câncer. Para amenizar os efeitos colaterais da quimioterapia e radioterapia, os doentes contam com tratamentos complementares como a homeopatia, muito utilizadas nesses casos. De acordo com o Inca (Instituto Nacional de Câncer), estima-se que até dezembro desse ano, ocorram cerca de 400 mil novos casos de câncer por estado brasileiro.

Reconhecida como uma terapia complementar em saúde, a homeopatia é capaz de oferecer soluções aos efeitos colaterais produzidos durante o combate ao câncer, cujos dez tipos mais comuns atualmente são Traqueia, Brônquio, Pulmão e Próstata no caso dos homens são os de Mama, Colo do Útero, Cólon e Reto no caso das mulheres. Com ação sistêmica no organismo do ser humano, a quimioterapia atinge tanto as células que formam o tumor quanto as células sadias.

Por isso, o método terapêutico que utiliza medicamentos diluídos e dinamizados, cuja matéria prima é retirada dos reinos animal, vegetal e mineral, age de forma eficaz fortalecendo o sistema imunológico frente as inúmeras outras desarmonias causadas pelo tratamento como, anemia, diarreia, queda de cabelo, náuseas e vômitos, além de mudanças no sistema nervoso, pele e unhas. Referência mundial em homeopatia, a Universidade Federal de Viçosa realiza cursos de extensão universitária de Homeopatia em vários estados brasileiros a cada semestre para disseminar a prática e potencializar os efetivos resultados.

Segundo a professora convidada da UFV, Eliete M. M. Fagundes, o tratamento diminui os edemas, facilitando a circulação dos vasos sanguíneos e linfáticos, melhora o apetite, assim como a absorção e o aproveitamento dos alimentos. “O medicamento natural também ajuda o equilíbrio mental e emocional, já que muitas pessoas, por ansiedade e medo, sofrem antes mesmo do tratamento começar, o que acaba agravando ainda mais os sintomas da doença. Manter uma higiene mental, cuidar das emoções, optar por uma alimentação mais saudável, beber água com frequência e fazer algum tipo de exercício físico são as recomendações mais elementares a serem seguidas na prevenção desta e da maioria das doenças.”, explica a especialista em homeopatia.

O câncer nas últimas décadas ganhou uma dimensão maior, sendo considerado um problema de saúde pública mundial. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que até 2030, haverá de 27 milhões de casos incidentes de câncer, levando pelo menos 60% a morte pela doença e o maior efeito desse aumento vai incidir em países subdesenvolvidos.

Fonte: Jornal do Brasil

Página Inicial