Sandra Lima
Correspondente da TV LOKAL em Jacarepaguá
Produtora de Audiovisual
E-MAIL: sandralimaprodutora@gmail.com



Rio é o terceiro estado em crescimento na taxa média de aprovação escolar



Rio - O Rio ficou entre os estados brasileiros que apresentaram maior crescimento na taxa média de aprovação escolar, indicador que serve de base para o cálculo do Indicador de Fluxo Escolar e, por conseguinte, do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica criado pelo Ministério da Educação em 2007 para medir a qualidade de cada escola e de cada rede de ensino). Entre 2009 e 2011, considerando todas as unidades da federação, a rede do Estado do Rio apresentou a terceira mais significativa melhora em termos de Taxa Média de Aprovação.

No Ensino Médio, o aumento na Taxa de Aprovação da rede estadual do Rio foi de 5%. Com isso, o Rio foi o terceiro estado com maior aumento nessa taxa, o que demonstra a consistência do trabalho que vem sendo realizado. Comparando o desempenho da rede estadual com as redes públicas e privadas do Estado do Rio de Janeiro, a melhora da Taxa de Aprovação foi mais acentuada (meio ponto percentual). A redução do abandono (queda de 4,1%) foi mais importante do que a redução da reprovação (queda de 1,2%). Quando consideramos as séries do Ensino Médio, vale notar que a 1ª série, que é justamente aquela em que menos se aprova (e isso é verdade em todos os estados), foi a que demonstrou maior progresso. Nela, o aumento na taxa de aprovação chegou a 5,6 pontos percentuais, o que também nos colocou na posição de 3º melhor estado em termos de progresso na taxa de aprovação desta série.

No Ensino Fundamental, o aumento na Taxa de Aprovação também foi de cerca de 5%. Este foi o segundo maior crescimento, considerando todas as unidades da federação. A melhora em Taxa de Aprovação da rede estadual, nesse segmento, foi maior que a observada na rede pública do estado como um todo, que aumentou, no período entre 2009 e 2001, 4,4 pontos percentuais. Também foi maior do que o aumento observado no conjunto total do estado (junção das redes privada e pública), cuja Taxa de Aprovação cresceu em 3,9%.

De fato, a Taxa de Reprovação do Ensino Fundamental da rede estadual do Rio de Janeiro caiu 3,6 pontos e, novamente, foi a terceira melhora mais significativa entre as unidades da federação. Já a taxa de abandono caiu 1,3 pontos. Isso significa que, na rede estadual, os alunos estão abandonando menos. Isso se deve, principalmente, ao menor índice de repetência. Historicamente, o Indicador de Fluxo do Estado do Rio de Janeiro vinha se deteriorando constantemente, e os índices de 2011 mostram que, de fato, houve uma guinada na política educacional, capaz de reverter o quadro de baixo rendimento. A Taxa Média de Aprovação ainda precisa melhorar, mas já avançou muito. Os indicadores de "fluxo escolar" e "desempenho", que compõem o Ideb, ainda não foram divulgados. Mesmo sendo um dos estados de maior progresso no período 2009-2011, como nosso ponto de partida em Taxa de Aprovação era baixo, será preciso manter esse ritmo acelerado de progresso para que alcancemos uma posição mais confortável em termos de fluxo escolar.

Fonte: O DIA

Página Inicial