Três homens são presos acusados de integrar quadrilha de falsificação de dinheiro



Policiais militares da P2 do 18º BPM (Jacarepaguá) detiveram neste sábado três homens suspeitos de participarem de uma quadrilha que distribuía notas de dinheiro falsas na região. O primeiro a ser preso em flagrante foi Roger Pereira Crespo, 30 anos. Ele estava em uma agência dos Correios no bairro da Taquara, Zona Oeste, onde foi buscar um pacote de Sedex contendo R$ 25 mil em notas de R$ 20 falsas.

À tarde, mais dois integrantes da quadrilha foram presos em flagrante ao buscar dois pacotes de Sedex na mesma agência da região. Wendel Gomes Bezerra, 19 anos, e Ed Wilson dos Santos, 40 anos, estavam com R$ 500 em notas de R$ 100 falsas.

A polícia ainda não sabe como e onde era feita essa falsificação. O trio foi levado para a Polícia Federal, na Praça Mauá, onde irá prestar depoimento. Eles podem ser autuados por falsificação de dinheiro, formação de quadrilha e fraude.

Segundo policiais que participaram da operação, a P2 começou a receber informações sobre a circulação de dinheiro falso em Jacarepaguá há cerca de um mês. Por meio de denúncias, os agentes souberam que as notas chegavam por meio de Sedex. Funcionários dos Correios entraram em contato com a polícia quando identificaram por raio-x que a encomenda continha notas de dinheiro. Os agentes, então, foram até a agência dos Correios aguardar a pessoa que iria buscar a encomenda. Roger, Wendel e Ed Wilson foram presos em flagrante. As notas foram apreendidas e levadas para a PF.

Fonte: odia.ig.com.br

Página Inicial