Sandra Lima
Correspondente da TV LOKAL em Jacarepaguá
Produtora de Audiovisual
E-MAIL: sandralimaprodutora@gmail.com



Dilma abre reunião entre países sul-americanos e árabes, no Peru



A presidente Dilma Rousseff discursará nesta terça-feira (2), durante a cerimônia de abertura da 3ª Cúpula de Chefes de Estado e de Governo América do Sul–Países Árabes (Aspa), em Lima, capital do Peru. Dilma deixou São Paulo rumo ao Peru às 22h30 desta segunda-feira (2) para participar da cúpula, idealizada pelo Brasil em 2005. Ela passou o dia na capital paulista, onde participou de um comício do candidato a prefeito, Fernando Haddad (PT), e de uma cerimônia de premiação durante a noite. A cúpula da Aspa será a primeira após a chamada "Primavera Árabe", manifestações populares em diversos países que pediam democracia e liberdade. A reunião, de acordo com o Itamaraty, "representará uma oportunidade para nova aproximação entre lideranças sul-americanas e árabes". A programação do encontro se inicia às 10h15 (horário de Brasília), quando Dilma e os demais líderes serão recebidos no Gran Teatro Nacional pelo presidente do Peru, Ollanta Humala. Durante abertura da cúpula, Dilma deverá discursar para os participantes, uma vez que o Brasil é o atual coordenador regional sul-americano da cúpula. A primeira sessão plenária está marcada para o meio-dia, no prédio do Ministério da Cultura, seguida da foto oficial e do almoço entre os chefes de Estado e de governo, às 15h20. A segunda sessão será às 17h, com término previsto para 19h. De acordo com assessoria do Palácio do Planalto, Dilma retornará ao Brasil ainda nesta terça-feira, às 19h30. Ao final do encontro, os países devem divulgar um documento conjunto, no qual devem condenar a onda de violência na Síria após as manifestações populares. Os líderes devem condenar ainda a violência em razão da reação a um filme contra Maomé, produzido nos Estados Unidos. Representações diplomáticas norte-americanas foram atacadas por grupos muçulmanos.

Fonte: G1

Página Inicial