Sandra Lima
Correspondente da TV LOKAL em Jacarepaguá
Produtora de Audiovisual
E-MAIL: sandralimaprodutora@gmail.com



Segurança da Rio+20 terá atuação de 8 mil homens das Forças Armadas



O Comando Militar do Leste (CML) informou, no início da tarde desta segunda-feira (28), que a segurança da Conferência das Nações Unidas de Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) será feita por 8 mil homens das Forças Armadas. A Rio+20 ocorre vinte anos depois da Rio 92 (também conhecida como Eco 92), considerada a maior conferência sobre meio ambiente já realizada, que popularizou o conceito de "desenvolvimento sustentável". Efetivo de segurança da Rio+20 Forças Armadas 8 mil Polícia Militar 2,5 mil Guarda Municipal 1 mil Polícia Rodoviária Federal 1,4 mil Polícia Federal 1,4 mil Bombeiros 600 Além disso, segundo o CML, outros 7 mil profissionais -- entre policiais civis, militares, federais, bombeiros e guardas municipais -- também vão atuar no policiamento durante o evento, que acontece de 13 a 22 de junho e deve reunir cerca de cem chefes de Estado. No total, serão 15 mil agentes de segurança. “Foi feito um planejamento muito detalhado, um grande número de pessoas presentes e equipamentos para que toda a conferência ocorra de maneira mais tranquila. Virão inclusive alguns efetivos de fora do Rio, como a Aviação do Exército de Taubaté e a Brigada de Operações Especiais, de Brasília”, disse o ministro da Defesa Celso Amorim. De acordo com o CML, as ações de segurança serão realizadas por meio da "Operação Rio+20", entre os dias 5 a 29 de junho. As instituições mobilizadas para a operação também irão coordenar e complementar as ações de segurança a cargo da Organização das Nações Unidas (ONU).

Fonte: G1

Página Inicial